24 de jul de 2010

Me dá a tua mão
para que eu possa
perpetuar no teu corpo
a melodia dos meus versos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário