2 de mar de 2013

Abelardo gostara de meu vestido vermelho. Coração pulsando e as mãos inquietas, o vermelho virando a brancura da pele que vibrava. Abelardo foi feliz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário