20 de dez de 2013

sem título




creio nos amores líquidos
e nessa distância
que faz tremer os ombros

longa estrada para tua memória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário