27 de mar de 2009

Poesia da Semana

Uma letra de música não deixa de ser um poema ...

Metade (Adriana Calcanhoto)

Eu perco o chão, eu não acho as palavras
Eu ando tão triste, eu ando pela sala
Eu perco a hora, eu chego no fim
Eu deixo a porta aberta
Eu não moro mais em mim.

Eu perco a chaves de casa
Eu perco o freio
Estou em milhares de cacos, eu estou ao meio

Onde será que você está agora?

Um comentário:

  1. ADRIANA CALCANHOTO É O MAXIMO.

    ACHO LINDO AS MÚSICAS DELA.
    GERALMENTE AS PESSOAS ESCUTAM A MÚSICA,
    NÃO CURTEM A LETRA DA MÚSICA. VERDADEIROS POEMAS.

    PACELLI

    ResponderExcluir