8 de mar de 2013

De repente fez-se o pranto e ninguém ouviu. Tampouco, viram a alegria murchando feito girassol na chuva. E foi assim: mar, areia, vento e o corpo pesando no infinito do azul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário