1 de jun de 2013

existo
na terceira margem
no triângulo do caos
no tripé do desejo
persisto
na terceira página
que escrevo
enquanto a dor
não vem.

Um comentário: