30 de jan de 2013

Escrevo porque ando torta (por dentro), amassada, dolorida. O velho pedido que ninguém escuta. É de se fazer ouvir (urgentemente) o mal que me cabe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário