12 de jun de 2013



é só por hoje
que te quero azul
 e compreender
na envergadura
das tuas mãos
minha função verbal
desavisado coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário